Projeto “Mães de Cor ação” adota crianças portadoras de neces sidades especiais po r um dia no Abrigo M oacyr Alves – AMA.

Crianças portadoras de necessidades especiais são “adotadas por um dia” no Abrigo Moacyr Alves – AMA recebendo carinho, atenção e momentos de descontração ao lado desses voluntários no projeto intitulado “Mães de Coração”. As atividades do projeto são realizadas todos os sábados, em tempo integral, no Abrigo Moacyr Alves localizado na Rua 07 , S/N – Alvorada I.

Todos os sábados, as cinquenta crianças e adolescentes portadoras de necessidades especiais atendidas e abrigadas na instituição se arrumam e, ansiosas, esperam a chegada desses voluntários que tornam-se, por um dia, seus pais adotivos dando-lhes um pouco do amor “ausente” do ambiente familiar e levando-os para momentos de recreação, lazer e diversão.

De acordo com a Relações Públicas do AMA, Corina Amaral da Costa, as crianças e adolescentes são levadas para vários passeios, visitas e tours na Cidade de Manaus, como: Praia da Ponta Negra, Parque dos Bilhares, Parque do Mindú, Lagoa do Japiim, Parque do Idoso e programações internas.

Para a coordenadora do Projeto “Mãe de Coração”, Marisa Terezinha Silvestre, 56, os principais ingredientes no projeto são o amor e a atenção dispensados às crianças, uma vez por semana. Além disso, deve-se levar em consideração a responsabilidade do trabalho, pois, as crianças ficam esperando pelas visitas e sentem falta quando uma “mãe” não pode comparecer ao abrigo . As “mães” e “pais” podem, na verdade, visitar em qualquer dia da semana, seguindo o dia e horário escolhido no ato de sua inscrição no projeto.

“Aos sábados aproveitamos para programar além de atividades internas, as comemorações festivas, aniversariantes do mês, passeios externos, piqueniques, etc… É um tipo de trabalho que todo cidadão deveria tirar um pouquinho de seu tempo para dedicar-se, pois, o mundo seria bem melhor. Para mim não há dinheiro que pague. Quando você vê uma criança que mal consegue se expressar, reconhecê-lo e esboçar um sorriso é uma satisfação muito grande”, disse a coordenadora.

Para Fátima Freire Teixeira, 54, que atua há 12 anos como “Mãe de Coração”, o projeto já conseguiu reunir filhos, nora e netos em torno de um mesmo objetivo: doar um pouco de seu tempo para essas crianças e adolescentes dando-lhes atenção, amor e carinho.

“Quando o meu marido faleceu, o abrigo foi o meu porto seguro. A filosofia desse trabalho é a doação de bons sentimentos, na qual se recarrega as nossas baterias e a das crianças, também. Eu me sinto muito feliz e esqueço dos problemas externos e sinto um bem-estar físico, mental e psicológico””, disse Teixeira.

O Projeto “Mães de Coração” iniciou há doze anos na Casa Espírita Tomás de Aquino e surgiu da necessidade de preencher os horários ociosos das crianças e adolescentes do abrigo e, ainda, proporcionar atividades internas com programações festivas e passeios externos na cidade de Manaus, nas quais os voluntários podem dar atenção exclusiva a essas crianças. Atualmente, o programa conta com o apoio de 30 pessoas, de vários segmentos da sociedade.
amaatual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: