Archive for outubro \29\UTC 2012

Moacyr Alves participa do IV Fórum Pedagógico

outubro 29, 2012

Por demonstrar um grande avanço no desenvolvimento cognitivo dos acolhidos, a Unidade de Acolhimento Institucional Moacyr Alves foi convidada para participar no dia 30 de novembro, das 8h às 10h, do IV Fórum Pedagógico. O evento acontecerá no Auditório do Bloco D da Faculdade Ciesa e reunirá alunos, professores, gestores, pedagogos e estudiosos da área. O Fórum terá como principal temática “A neurociência no processo de aprendizagem” e tem como objetivo aprofundar os estudos relacionados à área e discutir os principais campos da neurociência na ação educativa em sala de aula.

As crianças, adolescentes e profissionais do Moacyr Alves apresentarão seus trabalhos e atividades no Hall do Bloco D. Os resultados dos Projetos “Estudar é bom demais” e Aprendendo a Construir” serão demonstrados por meio de atividades, cestas de isopor e demais criações dos acolhidos.

De acordo com a Coordenadora de Pedagogia, Flávia Carvalho, além de se estudar a teoria no Fórum, a coordenação convidou o Moacyr Alves para apresentar os avanços concretos na área da neurociência.
“Queremos mostrar para a sociedade que os acolhidos do Moacyr Alves podem desenvolver várias habilidades. O Projeto “Estudar é bom demais” desenvolvido por acadêmicos das Faculdades Ciesa e Literatus serve como um apoio às escolas nas quais as crianças estão inseridas, além de desenvolver a linguagem escrita. O “Aprendendo a construir” é um projeto multidisciplinar que envolve as áreas de Pedagogia, Psicologia e Psicopedagogia no qual é desenvolvido diversas habilidades e estimula a atenção, concentração, assimilação, comparação e memória das crianças com deficiência”, explicou a coordenadora.

Os vários serviços oferecidos na instituição também serão expostos por meio de banners no hall, além da participação na Mesa Redonda do Psicólogo da unidade, Tércio Castro e a Psicopedagoga, Fabiana Melo que falarão sobre o avanço do desenvolvimento cognitivo dos acolhidos.

O Fórum contará ainda com doutores na área da neurociência ( Prof. Doutor Walter Adriano Ubiali – USP /Ribeirão Preto, Prof. Doutor Thomaz Siqueira Abdala – Psicólogo e Dr. em Psicologia – USP/São Paulo, Luis Alberto Presa – Prof. e Dr. em Psicologia- USP Ribeirão Preto, Profª Msc. Geovana Blasi – Mestre em Psicologia – ULBRA/Porto Alegre, Profª Msc. Mara Regina Kossoski Felix Rezende – Mestre em Ensino de Ciências – UEA e Prof. Dr. José Humberto da Silva Filho – Dr. em Psicoterapia Cognitiva – USP.).

A entrada para o Fórum será um item de higiene pessoal ou substâncias farináceas (mucilon, neston, cremogema) + R$10,00. Os itens serão doados à Unidade de Acolhimento Institucional Moacyr Alves localizada na Rua Profª Léa Alencar, 1014, Alvorada I.

Mais informações: 3643-4200/3878-2519/8241-5044 ou e-mail:
ciesa@ciesa.br/coor_pedagogia@ciesa.br

Anúncios

Policia Federal receberá crianças do Abrigo Moacyr Alves na próxima quinta-feira (11)

outubro 10, 2012

Em comemoração ao dias das crianças, festejado sexta-feira (12), mais de 20 crianças portadoras de necessidades físicas e especiais do Abrigo Moacyr Alves, visitarão na próxima quinta-feira (11) às 08h, a “Horta da Felicidade”, situada na Superintendência da Polícia Federal do Amazonas, com o intuito de promover a participação e conscientização das crianças no processo de produção de alimentos, além de integrá-las com a natureza.

Construída em uma área de 1.000 m2, com 30 canteiros, cada um com 16 m2, a horta produz hortaliças convencionais como: abobrinha, alface, cebolinha, couve, berinjela, entre outras, e não-convencionais: Ariá, Cariru, Ilhame, Taioba e Vinagreira.

Inaugurada em março deste ano, a “Horta da Felicidade” foi idealizada em uma parceria da Policia Federal com o Instituto Federal do Amazonas (IFAM), Governo do Estado do Amazonas, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (IDAM), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (FAEA), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp).

A horta tem o objetivo de produzir hortaliças em volume e escala constante para doação às entidades filantrópicas de Apoio às crianças e idosos de Manaus. Atualmente a horta fornece hortaliças para o Abrigo Moacyr Alves, o Grupo de Apoio à Criança com Câncer (Gacc) e a Fundação Dr. Thomas.

De acordo com o Delegado da Policia Federal, Josafá Batista Reis, além de cumprir o papel social a horta também tem o objetivo de proporcionar atividades terapêuticas. “Com essas visitas, também contribuímos com as atividades recreativas e de lazer das crianças, permitindo que elas tenham contato direto com o ar livre e o sol, com as plantas e com o solo”, enfatizou.

O Presidente da ADS, Valdelino Cavalcante, afirma que a instituição tem satisfação em apoiar projetos que visam à melhoria da qualidade de vida da população rural e urbana. “Esta unidade demonstrativa de uma horta padrão e sem o uso de agrotóxicos, serve de demonstração para os produtores e moradores de Manaus, que desejam cultivar uma horta em casa, alem de ser um ótimo exemplo de solidariedade”, disse.

Para a coordenadora do Abrigo Moacyr Alves, Corina Amaral da Costa, a “Horta da Felicidade”, idealizada pela Policia Federal e demais parceiros, foi um grande presente à instituição, pois além de oferecer alimentos totalmente orgânicos, as atividades recreativas e filantrópicas ajudam muito no desenvolvimento das crianças. “Essa ação é muito importante para a manutenção da entidade e demonstra que a interferência do poder público deve ser solidária, antes de tudo. Mostra, também, que qualquer pessoa pode se aproximar da realidade de outros mais necessitados e dar uma importante parcela de contribuição”, comentou.

As hortaliças são colhidas uma vez por semana, e entregues as instituições. Na quinta-feira (27) além da captação de imagens da colheita, os veículos de comunicação poderão entrevistar as crianças e parceiros da horta, que estarão presentes.

Faculdade Ciesa promove “Dia da Responsabilidade Social” no Moacyr Alves

outubro 5, 2012

Para comemorar o Dia da Responsabilidade Social ( 29 de setembro) alunos, professores e coordenadores de curso da Faculdade Ciesa uniram-se em um único objetivo de doar-se para as crianças e adolescentes da Unidade de Acolhimento Institucional Moacyr Alves.

Atividades e ações variadas foram promovidas na instituição por meio dos Cursos de Pedagogia, Ciências Contábeis e Econômicas, Ciências da Computação, Direito, Psicologia, Tecnológico em Cosmética e Estética, Computação, Segurança Privada e Tecnológico em Gastronomia. Atualmente a faculdade conta com 5 mil alunos na graduação e mil na pós-graduação.

Segundo o Reitor do Ciesa, Luiz Carlos Ribeiro Leite, a faculdade desenvolveu ao longo do dia várias atividades sociais na cidade para comemorar o Dia da Responsabilidade Social.

“Realizamos atendimento jurídico na faculdade, ações sociais no CSU (Bairro da União) e na Comunidade Catalão, além de várias atividades no Parque dos Bilhares. 7% da população atinge o grau superior , no Amazonas apenas 5% e essa é uma parcela privilegiada, por isso, precisamos devolver à sociedade de alguma forma o amor e carinho às pessoas que precisam. Isso transforma a vida de muitas pessoas”, comentou o Reitor.
De acordo com a Coordenadora do Curso de Pedagogia, Flávia Carvalho, as coordenações dos cursos se mobilizaram para atender as necessidades relacionadas à qualidade de vida dos acolhidos.

“Cada curso preparou uma série de atividades para as crianças e adolescentes. No curso de pedagogia os alunos mobilizaram os acadêmicos para o desenvolvimento de atividades educativas relacionadas à educação e saúde (teatro, orientação na higiene bucal com distribuição de saboneteiras, porta-escovas de dente, buchas de higiene pessoal e escova para pés e mãos)”, salientou a coordenadora.

O curso de Ciências Econômicas articulado com o de Pedagogia uniram-se para atender a sala educacional do Moacyr Alves com itens de material escolar como: caderno, lápis, borracha, lápis de cor, tintas, papéis, cartolina, cola e outros. Os materiais serão utilizados na manutenção do Projeto “Estudar é bom demais” que tem como objetivo desenvolver as habilidades de linguagem escrita, leitura e produção de textos com os acolhidos que apresentam a habilidade para esta área do conhecimento.

Os alunos e o coordenador de Ciências Contábeis, Francisco José Souza, realizaram a doação de jogos relacionados ao raciocínio lógico matemático e brinquedos (xadrez, dominó, jogo de damas, quebra-cabeça, jogo da memória, bolas e bonecas).

De maneira criativa, alunos e professores do Curso de Gastronomia utilizaram os materiais da despensa do Moacyr Alves para fazer os pratos do almoço do dia aproveitando a ocasião para capacitar as cozinheiras e mostrar o aproveitamento dos alimentos.

Fizeram atividades e ações sociais os cursos:

Psicologia – atuaram no desenvolvimento de práticas do raciocínio lógico.
Direito – Doação de 20 telas , 20 pincéis e 20 caixas de tinta para o início das atividades com o Curso de pedagogia que implantará na instituição as atividades de pintura em tela procurando desenvolver as habilidade artísticas para os acolhidos que apresentarem desenvoltura na proposta apresentada.
Computação – Desenvolvimento do sistema online.
Cosmética e Estética – promoveram as pinturas de unhas e maquiagem.
Segurança Privada – Arrecadação de sabão em pó e colaboração com o lanche.